Violência contra o homem


por Mazu

Nesses seis anos de Lei Maria da Penha, existiram alguns casos em que a lei foi aplicada para resguardar a segurança de homens. Houve sobre isso debates e comentários mil, na mesma época, inclusive, em que se estava tentando estabelecer a constitucionalidade da lei, já que ela diferencia homens e mulheres, o que estava sendo interpretado por alguns como inconstitucional. Bom, direito é uma disciplina que me encanta muito, mas não sou especialista, logo não vou me meter a dar uma opinião. Eu trouxe esse assunto antigo à tona para falar um pouco da violência doméstica contra os homens. Acho que a primeira vez que lei foi aplicada para proteger um homem foi em 2008 em Cuiabá, salvo engano.

O caso foi o seguinte: um homem conseguiu a aplicação da lei para se defender de sua mulher que o estava agredindo: bateu nele, quebrou seu carro e tals. Não tenho detalhes do caso, na verdade, ninguém pode ter. Ele fez a denúncia e pela característica repetitiva das agressões pediu as medidas protetivas. Existe muita especialista que não curte esse negócio da lei se aplicar aos homens, mas me pareceu que o juiz foi super lúcido. Ele apontou que foi bem melhor que ele tomasse essa atitude do que tivesse buscado vingança pessoal e cometido alguma violência contra a mulher. Disse também que o número de casos de violência contra o homem é bem menor (o que também é mostrado pelo mapa da violência), mas que os homens não denunciam por vergonha e preferem tomar as próprias atitudes ou ficar quietos. Ou seja, os homens quando são agredidos, ou agridem de volta ou se calam. 

E isso me lembrou uma amiga, assistente social em Campinas-SP, que me contou de um caso de um homem que tomava inúmeras surras da mulher e não fazia nada, quando minha amiga falou com ele, ele disse que morria de vergonha de fazer qualquer coisa porque onde já se viu apanhar de mulher? Lembrei também um episódio de Law and Order - Special Victims Unit (Episódio 10, temporada 3, "Ridicule") em que a vítima de estupro era um homem, e as estupradoras, três mulheres. Na série, o cara tenta denunciar e ninguém, além da nossa querida Detetive Benson, leva o cara a sério.

É fato que quando existe violência sexual contra mulheres ou homens, o agressor costuma ser do sexo masculino. Agora, se levarmos em conta que no Brasil, só com uma lei de 2009, que o homem passou a ser considerado também vítima de estupro, se houvesse ou existisse um caso como o do seriado, será que o cara denunciaria? E se denunciasse, será que alguém escutaria?

É possível o homem ser vítima e a mulher agressora. Os meninos não assumem isso ou qualquer outra vulnerabilidade porque simplesmente não foram criados e educados para isso. Aliás, na maioria, foram educados para morrer de vergonha dessas coisas, fingirem que elas não existem. E isso é raiz de várias coisas né? E não é bom para os caras não. Não mesmo. Nem para a gente também.

Eu sei e todo mundo sabe que a violência doméstica tem como vítima preferida a mulher, os números são incrivelmente maiores. Eu só queria mesmo tentar mostrar como uma sociedade machista pode ser hostil por inúmeros motivos aos homens também. Pensa só, um homem agredido pela parceira fica quieto por vergonha, uma mulher agredida pelo parceiro fica quieta por medo. Meu, não seria, sei lá, mágico viver em um mundo em que o machismo não existisse de ninguém para ninguém? E que violência e/ou tolerância à violência não fossem justificadas por bobagem nenhuma?

18 comentários:

  1. Faz poucos dias que descobri esse blog através do Escreva Lola, Escreva e já estou adorando (:
    Parabéns e ótimo post! Muita gente acha que o feminismo é o contrário do machismo e que queremos instaurar um matriarcado, quando na verdade, o que queremos é uma sociedade melhor pra todo mundo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário e por seguir o nosso blog, Fernanda! É justamente pelo que você colocou que fazemos uma das nossas principais metas desmistificar o feminismo, que tem um peso super negativo como parte do próprio processo de opressão. Obrigada mais uma vez e volte e comente sempre! Abraços, Roberta

    ResponderExcluir
  3. Rafael Maldonado16/07/2012 20:07

    O blog de vocês está ótimo e os textos excelentes, parabéns meninas!

    ResponderExcluir
  4. É isso aí, Mazu! Machismo faz mal a homens e mulheres!

    Rafael e Fernanda, obrigada pelos elogios. Esperamos vocês nos próximos posts!

    Abraço, Tággidi.

    ResponderExcluir
  5. Bem-vinda, Fernanda! Que bom que está gostando.

    Rafael já é da casa, valeu!

    Obrigada e voltem sempre :)

    ResponderExcluir
  6. concordo o que foi exposto no blog , mas pena que o próprio feminismo se perdeu ao longo do tempo, atualmente são poucas as feministas que brigam por direitos iguais , invés disso muitas preferem querer se igualar ao homem em tudo até em seus erros.

    ResponderExcluir
  7. As mulheres, por serem EGOÍSTAS, são as CULPADAS, por não saberem dar valor a homens românticos, NUNCA souberam ser, e agora, com essa COVARDIA TODA, que é bater em homem, como tapa na cara, os agridem quando não toleram ser xingadas por eles, falam mal deles, dizendo que eles merecem isso, merecem aquilo, e os outros, CÚMPLICES DE SUA COVARDIA, apoiarem, enfim: as mulheres NÃO AMAM NINGUÉM NESSE MUNDO! Eu falo isso porque me DESAPONTEI com elas, por suas atitudes e modos, de INTROSPECTIVA, EGOÍSTA, ARROGANTE, CASTRADORA, ASSASSINA, COVARDE, e até LÉSBICA! Essa Lei Maria da Penha fez com que TODAS AS MULHERES VIRASSEM LÉSBICAS, e por ELAS NÃO GOSTAREM DE HOMENS, por isso, eu no meu caso, não posso desejar felicidade a nenhum casal que vai se casar, mesmo que não haja desavenças entre eles. O que falta em uma MULHER? BEIJO DE AMIGA, BEIJO DE RETRIBUIÇÃO, como BEIJO NO ROSTO, BEIJO NA MÃO, TUDO! POr isso que não existe mais mulheres para nós homens. Ninguém pode nos ajudar, só Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prova de que precisamos muito deste blog e de muitos mais!

      Excluir
    2. O que acabou de acontecer aqui?

      Excluir
  8. O paralelo do machismo e o fechismo(discriminação contra os homens) não o feminismo. Feminismo= buscar a igualdade entre homens e mulheres / Fechismo(feCHISmo)= discriminação contra os homens. Quando aos números da violência contra a mulher serem maiores, do que o da violência contra o homem, é pelo simples motivo de que "os homens"(pouquíssimos denunciam) não denunciam a violência que sofrer, se fizessem denúncias os números poderiam até mesmo superam, o da violência as mulheres, levando em conta que eu mesma já vi vários homens levando tapas e(ou) beliscoes em público das parceiras(namoradas, esposas etc). Sou uma feminista e tenho horror de mulher fechista(tem muitas fechistas, se dizendo "feminista" não suporto essas hipocritas!), o fechismo e o contrário do feminismo, já que a fechista discrimina os homens, enquanto a feminista defende os homens da mesma maneira que defende as mulheres, já que a idéia do feminismo é sempre buscar a igualdade, e ser contra qualquer discriminação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra não é FEMISMO?

      Excluir
  9. O termo "fechista" é mencionado em alguns livros escritos nas décadas de 70 e 80 por Feministas para diferenciar uma coisa da outra. Mas o termo que pegou e é usado atualmente é "Femismo" Femismo:discriminação contra o homem. Fora isso concordo com o comentário acima, sendo uma Feminista também tenho horror de Femistas, são umas hipocritas cruéis e covardes, só atrapalham as mulheres de verdade, mulher de verdade nunca maltrata homem!

    ResponderExcluir
  10. Vejo o anonimo que posta seu descrédito sobre as mulheres como uma vitima delas, pasmem! Voces podem ser opressoras como nenhum nazista nesse mundo já foi. Percebo um homem que sofreu nas mãos de mulheres, e suas palavras apesar de agressivas podem ser facilmente analisadas e percebidas como as de um homem abusado psicologicamente. Quanto a uma outra anônimo que faz distinção entre "fechismo e feminismo" digo que seria interessante se 99% das feministas o conhecessem, normalmente não se importam com os homens e sim com suas maneiras de explorá-los, o mais ridículos é que adoram ter filhos homens, será sadismo?. O fato é que Lei Maria da Penha é um caso de "Fechismo", pois limita-se a proteção de mulheres e crianças quando deveria ser para o gênero humano, mesmo que não existisse a violencia contra homens essa lei o protegeria também. Lembrando não me critiquem pelo conteúdo do post e sim pelo conteúdo dos comentários citados, pois são para estes que estou fazendo meus adendos/criticas. Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
  11. http://www.youtube.com/watch?v=b0xsp7qnXL8

    ResponderExcluir
  12. gente ruim tem dos 2 lados,na inglaterra que é pior,a mulher inglesa é muito agressiva,....

    ResponderExcluir
  13. Pessoal sofri agressao de minha esposa so que ela que denunciou como se eu a tivesse agredido e sou pm e ja foi parar na corregedoria depois desse episodio ela esta se sentindo dona da razao e ja veio pra cima me agredir por duas vezes e inclusive com a criança no colo fazendo o bebê de apenas 3 meses de escudo e ainda disse pra eu sair de casa ou alugar uma casa pra ela morar.com meu filho senao ela me mata ou eu mato ela palavras vindas da parte dela por que ela vai fazer minha vida um inferno preciso de uma orientaçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se separe dela cara, e pegue seu filho p/ criar. Ela não merece amor. Merece morrer sozinha de desgosto. Um dia ela vai pensar no que fez e se matar!!!

      Excluir
  14. Ô anônimo agredir mulher e querer que ela fique quieta? Se você só achou mulher ruim. Talvez seja a sua personalidade e atitude que atraia isso não?pense nisso

    ResponderExcluir